Este ano foi designado pela Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO) como o Ano Internacional das Frutas e Vegetais 2021.  O propósito é destacar o papel das frutas e vegetais na nutrição humana, subsistência, segurança alimentar e saúde.

Em tempos de isolamento social e a busca por uma alimentação saudável, combinação para fortalecer a imunidade, nada mais premente.

A preocupação se estende também para a questão do desperdício, ainda em alta. Segundo estimativas globais, cerca de um terço dos alimentos produzidos para consumo humano é perdido ou desperdiçado a cada ano. Isso equivale a 1,3 bilhão de toneladas de frutas, vegetais, grãos e raízes, perdidos por derramamento ou deterioração na cadeia da colheita até o mercado, ou por deterioração e descarte quando os produtos chegam aos varejistas e finalmente aos consumidores. São informações que criam alerta para nossas atitudes, além de medidas governamentais e da linha de produção e transporte.

Cada um tem sua parte nesse processo, e por isso fevereiro chega com importante agenda, que vamos acompanhar.

>>> Dias 22 e 23 de fevereiro, a produção, o consumo e o desperdício de alimentos, e seus impactos no meio ambiente serão discutidos na Assembleia da ONU para o meio Ambiente (UNEA-5), em evento online.

E cumprindo com nossa parcela, a de informar e inspirar, este ano reforço nas nossas mídias com receitas baseadas no reaproveitamento integral dos alimentos. Não precisamos relembrar quantas crianças morrem de fome no mundo. Combater a fome e gerar consciência cidadã é foco dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), e também papel de todos, indistintamente. Assim sigamos juntos nessa jornada sustentável! Bom para sua família, essencial para a humanidade!

Fonte: Informações divulgadas no site do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA), principal autoridade ambiental global.

Leia sobre essa e outras notícias no https://www.unenvironment.org/pt-br/noticias-e-reportagens

 

Somos a Agência Cultura de Paz, juntos na Agenda 2030/ODS

Nossas midias: Instagram  Facebook